Shelf Life – Como determinar a validade da cerveja?



A cerveja é um alimento que passa por vários processos e reações tanto biológicas quanto químicas, para tornar-se uma das bebidas alcoólicas mais consumidas no mundo. Por essa complexidade de fatos, existe uma preocupação das cervejarias em manter seu produto estável por mais tempo, afim de assegurar a sua qualidade e potencializar as vendas do seu produto.


O conceito de shelf life cervejeiro é basicamente voltado para determinar o “envelhecimento” do produto. E quanto tempo ele se mantém estável aos seus consumidores.


A padronização é um dos maiores desafios dentro da indústria. Fazer cervejas iguais sempre, mostra ao consumidor a segurança da qualidade do produto e o prestigio pela oportunidade de consumir novamente a mesma bebida.


Com quais análises eu posso determinar a validade da minha cerveja?


Não há uma análise específica que o resultado será a validade do produto, mas com os parâmetros abaixo obtêm-se uma ideia de quando o produto poderá começar a sofrer alterações sensoriais.


Como existem proteínas na cerveja, ao passar do tempo e alterações de temperaturas no ponto de venda, estas podem decantar na garrafa e formar aglutinações de diferentes tamanhos, podendo ser visível ao consumidor.


- Análise de shelf life (Turbidez): Na análise de shelf life forçamos o envelhecimento da cerveja, e medimos a turbidez antes e após para prever formações de sólidos insolúveis ao longo prazo na bebida.


- Análise Microbiológica: Outro parâmetro indispensável na identificação de alterações por contaminantes que deterioram o sabor e a aparência do produto, sendo nítidos ao consumidor.


Na TECDEN realizamos ensaios microbiológicos e de shelf life, com esses controles ganha-se; oportunidade de melhorias, conhecer a estabilidade da cerveja, agregando qualidade para fortalecer o consumo!




#cervejaartesanal #tecden #controledequalidade #shelflife #validadecerveja

Posts Em Destaque
Posts Recentes